Precisando de ajuda? Fale conosco agora mesmo:
Notícias AFPB
19/12/18
RJ - Prefeitura mantém estimativa de pagar 13° nesta quinta mesmo sem recursos

Às vésperas do prazo estimado para pagar a segunda parcela do décimo terceiro salário do funcionalismo - que é amanhã, dia 20-, a Prefeitura do Rio ainda não conta com o dinheiro que ajudaria a quitar o abono natalino. Uma das medidas de reforço de caixa é a antecipação de royalties de petróleo, no valor de R$ 300 milhões, por meio de uma operação com o Santander. A transação com a instituição financeira, porém, ainda não ocorreu, segundo integrantes do governo Crivella e do banco. Mesmo assim, o Executivo sustenta a possibilidade de acertar o pagamento dentro da previsão anunciada.

A Secretaria Municipal da Casa Civil informou ontem, por meio de nota, que "segue trabalhando para fazer o anúncio do pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores dentro do prazo estimado". No entanto, representantes da prefeitura vêm ressaltando que depositar o restante do décimo terceiro no dia 20 é uma meta, não uma previsão oficial. A expectativa é que o prefeito Marcelo Crivella anuncie a data assim que os recursos financeiros estiverem disponíveis.

Nova Iguaçu quita amanhã

 

Já a Prefeitura de Nova Iguaçu decidiu antecipar o depósito da gratificação de sexta-feira para amanhã. O pagamento será integral, no valor de cerca de R$ 53 milhões, abrangendo ativos, aposentados e pensionistas. 

Hoje na Alerj

A proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019 do Estado do Rio será votada hoje na Alerj. Com a nova estimativa de receita, a Comissão de Orçamento recalculou um déficit de R$ 6,7 bilhões para o ano que vem. Há previsão de aumento na arrecadação de ICMS (mais R$ 600 milhões), de royalties (600 milhões), e R$ 140 milhões a mais pelo reforço na cobrança da dívida ativa.

Remanejamento 

Alguns parlamentares, como Luiz Paulo (PSDB), Paulo Ramos (PDT) e Marcelo Freixo (Psol), estão propondo, por meio de emendas à PLOA, a redução de remanejamento do orçamento. O tucano disse que a Comissão de Orçamento, da qual faz parte, já aprovou que caia de 25% para 20%. A expectativa é que deputados apresentem destaques estipulando em 10%. 

Convite a Moro 

Membros do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG) se reuniram ontem, em Brasília, com o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro. O ex-magistrado foi convidado para encontro do CNPG, e manifestou interesse em participar do que ocorrerá em 13 de fevereiro de 2019, na capital federal. Um dos temas centrais será o combate à corrupção e ao crime organizado. A primeira reunião da associação será em 14 de janeiro, no Rio.

Fonte: O Dia (por Paloma Savedra)