Precisando de ajuda? Fale conosco agora mesmo:
Notícias AFPB
26/12/18
Servidores devem negociar com novo Governo
A relação entre o governo que se inicia em janeiro e os funcionários públicos não será fácil.Apesar de tantas incógnitas quanto às propostas da nova administração, já se sabe que uma prioridade é reduzir o montante de gastos com pessoal, por duas razões simples. A primeira, é o viés liberal do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, que recebeu carta branca de Jair Bolsonaro. 

Os servidores pretendem resistir. Não querem partir do pressuposto de que cabe a eles o sacrifício para o ajuste das contas. Mas isso não quer dizer que estão irredutíveis. Estão, portanto, dispostos a conversar e negociar. O problema é que não abrem mão de manter os acordos e os privilégios.

Fonte: Aqui DF