Precisando de ajuda? Fale conosco agora mesmo:
Notícias AFPB
28/12/18
Município do Rio planeja conceder reajuste no salário de janeiro de 2019

Aumento será de mais de 8%; se confirmar a previsão, pagamento sairá em fevereiro, quando a folha do mês anterior é quitada

O reajuste salarial de todo o funcionalismo do Município do Rio não saiu do papel este ano, e, agora, a prefeitura planeja concedê-lo na folha de janeiro de 2019, paga em fevereiro. Pelos cálculos já feitos, o aumento será superior a 8% — devido ao percentual acumulado de pouco mais de dois anos que os servidores não tiveram revisão de suas remunerações. A informação foi confirmada à Coluna pelo secretário da Casa Civil, Paulo Messina.
Perguntado sobre os motivos de o reajuste não ser pago agora — no salário de dezembro —, Messina argumentou que o Executivo está correndo atrás dos recursos para quitar a segunda parcela do 13º salário de 2018 no próximo dia 20. Vale lembrar que a revisão salarial abrangerá ativos, aposentados e pensionistas.
"Não é possível em dezembro porque ainda estamos correndo atrás de medidas para garantir a receita da segunda parcela do 13º. Ao todo (somando as duas cotas), é uma folha de R$ 800 milhões. Se a gente reajusta (salários) agora, vai gerar uma despesa de quase R$ 70 milhões a mais, o que provavelmente comprometeria o pagamento da gratificação", declarou. "Estamos trabalhando para que o prefeito possa anunciar o reajuste na folha de janeiro", complementou.

Contrato esta semana
Para quitar o abono, a prefeitura contará com cerca de R$ 300 milhões de antecipação de royalties de petróleo em operação com o Banco Santander, cujo contrato deve ser assinado esta semana. E são necessários ainda mais R$ 40 milhões provenientes de outras fontes de receitas. 

Cálculo inicial era de reajuste de 7%
Como a prefeitura projetava o reajuste para o fim deste ano, o índice calculado foi de 7,61%. Mas como o aumento ficou para 2019, o percentual também mudou, e, segundo Messina, o aumento passará de 8%.

Fonte: O Dia (por Paloma Savedra)