Precisando de ajuda? Fale conosco agora mesmo:
Notícias AFPB
21/08/19
Taxa de 2,95% para casa própria na Caixa é exclusiva para servidor público
A Caixa anunciou uma nova linha de crédito para a casa própria, com taxa atrelada à inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). A taxa mais baixa, de 2,95% ao ano mais IPCA, só vale para servidores públicos e em "condições especiais" --segundo a Caixa, trata-se de cliente com conta salário no banco, prestação do financiamento debitada direto na conta e perfil de bom pagador.
Para trabalhadores do setor privado, também em "condições
As taxas variam para servidor e trabalhador do setor privado, e também de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.
Veja abaixo:
  • Trabalhadores do setor público
  • Condições especiais: 2,95% a.a. + IPCA
  • Com relacionamento + conta salário: 3,95% a.a. + IPCA
  • Com relacionamento com a Caixa: 4,45% a.a. + IPCA
  • Sem relacionamento com a Caixa: 4,95% a.a. + IPCA
 
  • Trabalhadores do setor privado
  • Condições especiais: 3,25% a.a. + IPCA
  • Com relacionamento + conta salário: 4,25% a.a. + IPCA
  • Com relacionamento com a Caixa: 4,75% a.a. + IPCA
  • Sem relacionamento com a Caixa: 4,95% a.a. + IPCA

Esse novo modelo estará disponível a partir de segunda-feira (26) somente para novos contratos. Poderá ser usado para financiar até 80% do valor de imóveis novos e usados, com prazo de até 360 meses. O valor da prestação será corrigido mensalmente.
O cliente poderá optar pelo modelo atual, que cobra juros entre 8,5% e 9,75% ao ano mais TR (Taxa Referencial). Como a TR é igual a zero desde 2017 devido à queda da taxa Selic, na prática, os juros do financiamento imobiliário ficam limitados à taxa prefixada pela Caixa.
Esses juros são para financiar imóveis pelo SFH (Sistema Financeiro de Habitação) e pelo SFI (Sistema Financeiro Imobiliário). As taxas não são válidas para o Minha Casa, Minha Vida, que cobra juros mais baixos.

Fonte: UOL